Saiba como cuidar de cachorro durante as mudanças de estações | Mr. Puppy

Saiba como cuidar de cachorro durante as mudanças de estações

Publicado: 16/04/2018

Saiba como cuidar de cachorro durante as mudanças de estações

Saiba como cuidar de cachorro durante as mudanças de estações

Cuidar de cachorro fica fácil se você tomar medidas importantes, no entanto diferentes cuidados com os cachorros são necessários em cada estação do ano.

O Brasil é um país tropical, assim temos quatro estações do ano normalmente bem definidas. Embora as mudanças de estações por aqui não sejam tão drásticas, as temperaturas altas são mais constantes em algumas regiões. Assim, o verão exige mais atenção e cuidados com o cachorro. Por outro lado, apesar de não apresentarmos temperaturas muito extremas em comparação a outros países, o inverno aqui chega à ser rigoroso em determinados períodos do mês. Por esta razão, é importante saber como cuidar de cachorro em todas as estações do ano, principalmente durante o inverno e o verão.

Como cuidar de cachorro no inverno

Durante o outono já conseguimos ter uma prévia de como será o inverno. Por isso, antes da sua chegada já começam os preparativos para enfrentar o friozinho que vem pela frente. Como os seres humanos, os cachorros também sentem frio. Embora algumas raças de cachorro estão mais preparadas para enfrentar baixas temperaturas (raças nórdicas, de pelagem grossa e longa como Collie, Husky Siberiano, Samoieda, etc.), outras nem tanto assim. Por esta razão, é importante tomar alguns cuidados para que estas raças, menos adaptadas ao frio, não fiquem tão vulneráveis aos perigos do inverno.

Ninguém gosta de sentir frio, mas não é apenas as baixas temperaturas durante o inverno que podem afligir os cachorros se eles ficarem expostos à friagem. As doenças são mais frequentes também durante o inverno. Por isso, a alimentação e os cuidados com a higiene dele neste período também são importantes. Aqui vão algumas medidas que podem ser tomadas para ajudar você a cuidar de cachorro durante o inverno:

Providencie abrigo adequado

Os cachorros de pelos muito curtos são menos adaptados ao frio e sofrem mais com a sua exposição. Raças de cachorro como o São Bernardo, Akita e outros cães de montanhas estão mais adaptados. Mesmo assim, durante o inverno não custa nada abrigar os cachorros de forma mais adequada.

Aqueles que dormem no quintal podem se acomodar melhor em áreas cobertas, não muito expostas à correntes de vento e sereno. Dormir ao relento nunca é bom, mesmo sendo uma raça resistente ao frio. Por isso, tente providenciar uma toca ou casinha de cachorro .

Existem vários modelos e tamanhos diferentes no mercado bem apropriadas para esta função.

Para aqueles que dormem dentro de casa, tanto a casinha para cachorro como uma caminha para cachorro tipo toca ou iglú também servem. Escolha uma opção bem confortável e adequada ao tamanho do seu cachorro. Os colchonetes e edredons também podem ajudar a aquecê-los no frio.

Acesse o Vidanimal.com.br para saber mais informações sobre como escolher uma caminha de cachorro ideal.

Forneça camadas extra

Novamente, os cachorros de pelos curtos são os que mais sofrem no frio, principalmente de porte pequeno. É o caso dos Pinchers, Chihuahuas e Whippets. Por isso, mantenha-os agasalhados nesta época. Para solucionar o problema forneça camadas extra de aquecimento, as roupinhas para cachorro são ótimas opções.

Hoje no mercado ficou fácil encontrar excelentes opções de roupa para cachorro .

Principalmente roupa de inverno para cachorro confeccionadas em diferentes tamanhos, modelos e em uma infinidade de materiais. 

Outros acessórios para cachorro também podem servir: botinhas de cachorro para aquecer as patas, gorros e tocas para aquecer as orelhas. Só tome cuidado para não exagerar, o conforto do animal vem em primeiro lugar.

Procure evitar as tosas

Ninguém gosta de ter a casa coberta de pelos, mas será por uma boa causa. Às vezes algumas raças também pedem tosas específicas para manter a aparência como exigem o padrão de raça, mas se ele não estiver participando de nenhuma competição nesse período, dê uma folga à ele. Além de ser parte da sua constituição física ter aquela pelagem ao natural, durante o inverno não é uma boa ideia retirar a sua camada que o mantém aquecido.

Evite banhos frequentes

Quem gosta de banho no inverno? Se pudéssemos evitar os banhos nessa época, aposto que muita gente evitaria. Não é uma ideia muito higiênica, eu sei. Mas os cachorros não precisam da mesma quantidade de banho que os seres humanos. Além disso, durante o inverno eles não costumam ser muito ativos, ficam mais parados, não fazem tantos passeios, portanto irão transpirar menos e quase não vão se sujar.

Caso não puder evitar os banhos, procure dar banho durante o dia, com água quente, em local fechado protegido do vento, secá-lo completamente (pode usar secador) e expô-lo ao sol para aquecê-lo ainda mais. A lavagem a seco com os shampoos para pet é uma ótima opção.

Mantenha as vacinas em dia 

Algumas doenças costumam aparecer no inverno. É o caso da Tosse de canis e a Parainfluenza canina, doenças altamente contagiosas, sendo que ambas podem levar a pneumonia crônicas - uma caminho sem volta. Procure manter as vacinas em dia e marque uma consulta ao veterinário para um check up. Reforços precisam ser dados anualmente. E ele pode até prescrever vitaminas para cachorros para auxiliar no sistema imunológico do animal.

Reforce a alimentação saudável

Uma boa alimentação é sempre necessária para manter o seu cachorro saudável. Mas durante o inverno os cachorros podem ficar mais suscetíveis às doenças, por isso não deixe que ele se alimente mal ou pule refeições. Tente focar em uma dieta saudável e reforçada com alimentos nutritivos. Procure seguir as instruções do seu veterinário para não exagerar na quantidade. Ele vai poder ajudar a montar uma dieta com uma alimentação adequada às necessidades do seu animal. Hoje no mercado existem muitas opções de alimentos saudáveis e rações para cachorros alternativas de acordo com o estilo de vida do seu cachorro.

Estimule os exercícios físicos

Apesar de ficarem mais apáticos e de se moverem menos durante o inverno, não deixe de estimulá-los. Os exercícios são ótimos para manter a forma, já que eles tendem a comer mais no inverno e não gastar a mesma quantidade de energia. Além disso, os exercícios estimulam a mente e ainda aquecem o corpo. Simplesmente perfeitos! Faça uso de brinquedos para cachorros inteligentes para chamar a atenção dele e mantê-lo engajado na brincadeira. Uma caminhada ao sol também faz muito bem.

Como cuidar de cachorro no verão

Não é só durante o inverno que os cachorros merecem atenção e cuidados. No Brasil, os verões costumam castigar também com altas temperaturas em várias regiões do país.

Durante esse período mais quente, os cachorros de pelos longos, que antes estavam mais adaptados ao inverno, agora são os que mais sofrem com o calor.E eles não são os únicos, todos os cachorros, de todos os tamanhos podem sofrer com os incômodos que o verão pode causar. Por isso, é sempre bom ficar atento ao comportamento deles e seguir as dicas abaixo para amenizar o desconforto e ajudá-los a curtir essa estação:

● Forneça água em abundância e sempre ao alcance deles, isso evitará a desidratação;

● Aumente a frequência dos banhos, isso evitará as coceiras e mal cheiro causados

pela transpiração e calor, além de ser agradável;

● Dê oportunidades de brincar com água, nadar, se molhar, vai ajudar a esfriar a

temperatura do corpo;

● Procure tosá-lo ou manter uma tosa curta. Mas, cuidado, algumas raças não podem

ser tosadas completamente, pois as camadas de pelos já possuem sistemas próprios

de resfriamento, isso pode causar uma série de problemas no seu animal;

● Não esqueça dos vermífugos, os carrapatos e pulgas são mais frequentes no verão;

● Evite passeios durante horários de pico (sol muito forte), e fique atento à temperatura do chão para não queimar suas patas.

Como você pode ver, cuidar de cachorro não é uma tarefa difícil se você seguir alguns passos e dicas importantes, principalmente durante as estações do inverno e verão. Tomando todas essas providências para garantir a saúde do seu animal, você vai poder aproveitar todas as estações do ano com ele sem nenhum problema.


Voltar

Receba nossas Ofertas e Novidades